A gestação nas cadelas dura em torno de 58 a 63 dias. Esse tempo é influenciado por diversos fatores como por exemplo: número e tamanho dos filhotes. A gestação pode ser confirmada por ultra-sonografia, que também mostrará o número de fetos e sua posição no útero. A ultra-sonografia também importante para o acompanhamento do desenvolvimento dos fetos.
O diagnóstico através do tato (apalpando) pode ser feito a partir dos 30 dias. Com 35 dias já se observa o desenvolvimento das glândulas mamarias da cadela mães, que ficam rosadas e túrgidas. Nessa fase já há aumento acentuado de peso. Com 40 dias o abdome já está aumentado. Aos 45 dias o Raio-X já evidencia nos filhotes (fetos) os ossos da cabeça, as vértebras, as costelas e os ossos longos dos membros.

Com 49 dias a cabeça dos fetos já é bem palpável e há grande aumento nas glândulas mamarias da mãe.
A partir da 8ª semana de gestação, o movimento dos filhotes já pode ser visto quando a cadela está deitada. Os filhotes já podem nascer de forma segura. Uma semana antes do parto, principalmente nas fêmeas em primeira gestação, ocorre secreção aquosa nas glândulas mamarias.

Nas 3 últimas semanas de gestação sua alimentação deve ser reforçada. O uso de ração balanceada de boa qualidade e de formulação para filhotes e fêmeas em gestação, é a melhor forma de garantir os nutrientes necessários, sem a necessidade de suplementos extras.

Durante a gestação, devido a ação do progesterona, o tempo de esvaziamento gástrico da cadela aumenta, mas ao mesmo tempo a motilidade gástrica diminui, conforme o estômago é deslocado pelo útero em crescimento. Portanto o ideal é que se forneçam as alimentações em pequenas porções várias vezes ao dia, facilitando a digestão. É normal que no final da gestação a cadela perca o apetite, principalmente quando está próximo da hora do parto.
Duas semanas antes do parto prepare o local onde a cadela irá ter seus filhotes e a estimule a deitar e dormir lá. Isso a deixará mais segura na hora do parto.

GESTAÇÃO